Bar do Bruno


Bar do Bruno

Escrito por Bruno Ribeiro às 16h34
[   ] [ envie esta mensagem ]




beliscando uma coisinha

DA SÉRIE ENTREVISTAS DE BUTECO - I
Mayra Bernava, 19 aninhos, Miss São Paulo de 2004. Eu adoro entrevista de miss, sobretudo quando são feitas na mesa do bar...  

Gosto às pampa das mina de Sampa!

Não é fácil ser eleita Miss São Paulo. Afinal, mora gente pra burro neste Estado. Mas difícil mesmo é entrevistar Mayra Bernava, a miss bandeirante, natural de Dracena (647 km a noroeste da capital paulista - Bar do Bruno também é cultura), que, ocupada, deu uma bela canseira neste repórter. Mas que bela canseira, é claro. A entrevista foi antes de a beldade paulista ser desbancada pela gaúcha.  

Bar do Bruno - Você torce para o Corinthians, Mayra? É por isso que você está me evitando?

Mayra Bernava - (risos) Sou corintiana sim!

Bar do Bruno - Eu não tenho a menor dúvida de que você será eleita Miss Brasil e Miss Universo. O que você planeja para depois que acabar seu mandato de Miss Universo?

Mayra - Ai... Eu não sei nem o que eu estou fazendo aqui!

Bar do Bruno - Pode deixar que eu te explico!

Mayra - (risos) Eu não queria participar do concurso, fui convidada... Eu fui com a certeza de que não seria eleita. Já vim com as malas prontas para voltar... E acabei ganhando! Fiquei muito surpresa*!

Bar do Bruno - Qual seu livro de cabeceira? Prometa que não vai dizer Pequeno Príncipe!

Mayra - (risos) Ah...Prometo!

Bar do Bruno - E tem alguém que você admire muito? Quer dizer, alguém mais além de mim!

Mayra - (risos) Eu admiro a Viviane Senna. Os trabalhos sociais dela são um verdadeiro exemplo para todos nós!

Bar do Bruno - Você não vai beber nada mesmo?

Mayra - Nãozinho. Mas podemos beliscar alguma coisinha. O que você sugere?

Bar do Bruno - (engasgando com o chopp) Mayra, Mayra...Não faz pergunta difícil, menina...

* Eu não fiquei surpreso.



Escrito por Bruno Ribeiro às 13h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




Galo de Barcelos e Bacalhau

Ainda falando de Portugal. Foram eles, os portugueses, que acabaram fundando o botequim no Brasil. Abriram pequenos armazéns de secos e molhados, onde comia-se salame e bebia-se vinho, sentado em caixas vazias de bacalhau e uva. As mulheres faziam lá suas compras e os maridos aproveitavam para falar mal do time do Vasco com o Portuga. Estava nascendo o que hoje conhecemos como bar, buteco ou botequim. E em cada buteco português tem um galo de Barcelos. Já reparou? É este aqui ó:

A Lenda do Galo de Barcelos

Segundo consta, a mais antiga versão do milagre de Barcelos  deve-se a Domingos J. Pereira no seu livro Memória Histórica da Villa de Barcelos.

Eis, pois, a lenda:

Havia uma estalagem portuguesa que estava sempre apinhada de gente. Tal facto devia-se à beleza e simpatia da estalajadeira. Um dia, dois peregrinos galegos, pai e filho, passaram por ali. A estalajadeira deitou o olho ao filho e quis convencer o pai a ficarem mais tempo. O rapaz mostrou-se indiferente. Pai e filho acabaram por partir , mas entretanto, a rapariga tinha escondido uns talheres de prata na sacola do rapaz.

Quando já tinham caminhado um puco, apareceram-lhes uns homens a dizer que o rapaz estava preso. Ao querer saber o porquê, os homens tiraram a sacola ao rapaz e mostraram os talheres. O pai continuou a sua caminhada até São Tiago e o filho voltou para ser enforcado.

No dia aprazado para a execução, o pai regressou e foi pedir clemência ao juíz. O juíz virou-se para o homem e disse-lhe:

- só se este galo assado que vou comer, cantar.

De imediato, o galo levantou-se, sacudiu a salsa e começou a cantar.

O juiz correu até ao sítio da forca, mas já era tarde.

Ficou pois, a memória do cruzeiro, construído onde supostamente esteve a forca. Numa das faces aparece um homem enforcado, pendente de uma corda, com os pés a serem segurados por São Tiago. Na outra face, aparece o Sol, a Lua, Nossa Senhora e uma figura que parece ser a de São Bento. Ambas as faces têm no cimo uma cruz onde aparece a imagem de Cristo. Aparece também, em relevo, um galo. O galo de Barcelos.

E como diria o Romeu Santini, chega de prosa. Tomem nota. Esta é exclusiva do City Bar, mas pra ficar igual tem que treinar muito.

Bolinho de Bacalhau

Ingredientes:

• 300 g de batatas cozidas
• 500 g de bacalhau
• 1 colher de sopa de manteiga
• 2 colheres de sopa de queijo ralado
• 6 ovos
• Cebola
• Cheiro verde
• Pimenta

 

Modo de Preparo:

 

Cozinhe e limpe o bacalhau. Moa o bacalhau junto com as batatas, usando um pano de prato. Junte a manteiga, queijo, temperos e as gemas batidas. A seguir, coloque as claras batidas, unte os bolinhos e frite-os na gordura quente.



Escrito por Bruno Ribeiro às 17h52
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
  25/04/2004 a 01/05/2004
  18/04/2004 a 24/04/2004
  11/04/2004 a 17/04/2004


Outros sites
  UOL
  UOL SITES
  Agenda do Samba & Choro
  Salgueiro
  Vermelho
   Novo Bar do Bruno
Votação
  Dê uma nota para meu blog